Mitos e verdades sobre a Micropigmentação de Sobrancelhas.

19/12/2016

Você quer ter sobrancelhas lindas, mas tem medo por causa de uns boatos que ouviu por aí? Então chegou a hora de você saber tudo que é mito e verdade sobre a micropigmentação.

 

Frequentemente minhas amigas e minhas clientes perguntam sobre suas dúvidas. Por isso, fiz um apanhado das perguntas que mais respondo nesses anos de profissão. Vou te contar toda a verdade. Vamos lá?

 

Tenho alergias, posso me submeter ao procedimento de micropigmentação?

É possível realizar um teste alérgico, onde é pigmentado um pontinho atrás da sua orelha ou no antebraço. Se dentro do prazo de 15 dias não houver nenhuma reação, você está apta a realizar o procedimento.

Como saber se vou gostar do resultado da micropigmentação?

Antes de iniciar o procedimento, realizamos uma espécie de “entrevista”, onde através de algumas perguntas, conseguimos identificar quais são os seus objetivos e gostos em relação ao procedimento. Após, é realizada toda a simetria facial e arquitetura do desenho, de acordo com técnicas de visagismo, onde avaliamos qual formato, cor e técnica se adequam às características do seu rosto. Depois, fazemos um desenho, que servirá de base para a aplicação da técnica. É onde você poderá avaliar se gostou ou não. Se tiver alguma objeção, será levada em consideração pelo profissional, que poderá fazer algumas modificações, desde que adequadas ao seu rosto, para que suas sobrancelhas fiquem lindas e você se identifique com elas.

Quanto tempo leva o procedimento de micropigmentação?

O procedimento leva em torno de 1 hora a 1 hora e meia. Dependerá da técnica escolhida.

É verdade que vou perder meus pelos?

Não, os pelos são mantidos na maior parte, pois são essenciais para manter a naturalidade do trabalho. O que fazemos é adequar os pelos ao novo formato criado, sempre respeitando a integridade da maior quantidade de fios possíveis.

Tenho diabetes, posso fazer micropigmentação?

Sim, desde que com autorização médica por escrito, realizamos este procedimentos em portadores de diabetes.

É verdade que posso fazer micropigmentação no verão?

Pode sim! A única objeção é que no verão, deve-se ter um cuidado maior com a exposição solar, salinidade do mar, cloro de piscina e uso de protetores solares logo após a realização do procedimento. Porém, passados 10 a 15 dias do procedimento, o uso de protetores já está liberado, e é recomendável para manter a cor e fixação do pigmento, em casos de exposição intensa ao sol.

Por que a minha micro durou menos que a da minha amiga?

Quando falamos em pigmentar a pele, devemos lembrar que nosso corpo é um conjunto de células, que reagem a tudo que fazemos. Além disso existe uma série de fatores que influenciam na durabilidade e fixação do pigmento na pele, desde alimentação, tipo de pele, exposição solar, idade, hábitos e cuidados diários. Por isso, é que cada pele reage de uma maneira diferente, tendo uma durabilidade maior ou menor.

A micropigmentação de olhos pode ser feita na linha d’agua?

Aqui na clínica não fazemos. Pigmentamos somente onde existem folículos pilosos, e não atingimos as zonas de risco, como os canais lacrimais. Porém, pode se fazer sim, e inclusive existem profissionais fora do Brasil que usam essa técnica, mas é de grande risco, por ficar mais próximo ao canal lacrimal, uma região delicada, que se for atingida pode causar expansão ou migração de pigmento, gerando um efeito desagradável de borrão nos olhos.

Qual a diferença das técnicas de micropigmentação de sobrancelhas?

Nas técnicas de Fios Realistas desenham-se fios que imitam os fios naturais. Na técnica fio a fio 3D, imita-se os fios naturais, porém, deixa-se o desenho com formato mais bem definido. Na técnica Ombré Shadow, faz-se um esfumado em efeito degradê, que imita o efeito de uma sombra nas sobrancelhas. Já na técnica Mixed, usa-se a técnica de fios realistas no início das sobrancelhas, para maior naturalidade, e a técnica Shadow no final, para dar definição.

Diferença entre as técnicas de contorno de olhos?

As técnicas para olhos podem ser:

• Realce dos cílios, que seria uma pigmentação bem rente à linha dos cílios. Realça o olhar, sem contornos muito grossos ou definidos. Para pessoas de olhos claros, fica lindo, pois o contraste do contorno com o olho realça a cor natural.

• Pode ser feito o delineado, que tem a espessura maior, e efeito mais marcante. Indicado para quem gosta muito de maquiagem diariamente.

• E a técnica Shadow, que seria um leve esfumado no canto externo das pálpebras superiores, dando um efeito sutil e que realça o olhar.

É verdade que minhas sobrancelhas podem ficar azuis?

Mito. Esse é um risco que, com as técnicas e conhecimento atuais, praticamente não se tem. O que acontece é que antigamente não existiam estudos e pigmentos adequados para a micropigmentação, e os profissionais que iniciaram nessa área faziam com tinta de tatuagem, não adequada a essa técnica. Acontece também quando o profissional aprofunda ou satura demais a pigmentação na pele, o que sendo feito por um profissional qualificado, não tem o risco de acontecer.

É verdade que não posso fazer micropigmentação durante a gravidez?

Não recomendamos realizar esse procedimento durante a gestação, visto que é um procedimento que, embora seja pouco invasivo, pode desencadear alguma alergia ou reação, já que na gravidez ocorre uma grande alteração hormonal, tanto pelo procedimento quanto pelo uso dos anestésicos.

Além disso, existe a preocupação com o feto. Embora não exista comprovação dessa relação, todo material que entra na corrente sanguínea, também irá para o bebê.

Recomendamos que se faça o procedimento após o parto, cerca de 3 meses depois, para que o corpo já esteja voltando ao normal.

O que fazer se eu não gostar do resultado?

Esse é um risco com o qual não trabalhamos. Realizamos uma breve entrevista antes, para unirmos seu gosto e objetivos em relação ao procedimento e o nosso conhecimento, demonstramos no espelho o efeito do design, demonstramos a cor, mas se realmente depois você não gostar, podemos considerar que por não ser um procedimento definitivo, dentro de algum tempo, cerca de 1 a 2 anos, o pigmento já estará praticamente desaparecendo. Porém, se o incômodo for muito grande, temos à disposição na clínica, o procedimento de remoção a laser, que dentro de algumas sessões mensais, é possível remover por completo a pigmentação.

Qual a durabilidade da micropigmentação?

A micropigmentação não é como pintarmos uma tela em branco ou uma parede. Nossa pele é um organismo vivo, que reage a tudo o que fizemos nela. Existem fatores internos e externos que influenciam muito a durabilidade do procedimento. A micro, diferente da tatuagem ou da maquiagem definitiva, é feito com um pigmento que é absorvível pelo nosso organismo, ou seja, o corpo consegue desfragmentar aos poucos as moléculas desse pigmento quando ele é implantado na pele e vai eliminando pelo sistema linfático. Além disso, o pigmento não é implantado na camada mais profunda da pele, como na make definitiva e na tattoo. Em geral a micro, pode durar entre 1 ano até 3 anos, dependendo de como a pele de cada pessoa reage. Os fatores que mais determinam o tempo de duração da micropigmentação são:

• Tipo de pele

• Idade

• Tempo e frequência de exposição ao sol

• Fagocitose (processo de ingestão e destruição de partículas, feito pelas células ameboides - chamadas de fagócitos)

• Hábitos alimentares

• Cosméticos utilizados pela pessoa

• Frequência com que faz peelings ou outros procedimentos de renovação celular.

 

E aí, senhoras e senhoritas, ficou alguma dúvida? Se você ainda precisa de mais informações sobre a micropigmentação, envie através de comentários na nossa fan page, por e-mail, ou até ligando aqui pra clínica. Quem sabe, numa próxima oportunidade, fizemos um novo apanhado de dúvidas para solucionarmos e publicar aqui? Conto com vocês!

Se você gostou, já sabe… Envie o link deste post para suas amigas, ok! Vai que elas também queiram ter sobrancelhas divas, mas ouviram uns boatos duvidosos por aí, não é? Compartilhe à vontade e acompanhe sempre o nosso blog! Um beijão no coração de vocês!

Compartilhe:
Confira as últimas novidades do Blog Ariane Novello
Top