Você já agradeceu hoje?

05/02/2019

Eu já! Aliás faço isso todos os dias, várias vezes durante o dia, mas esse papo de agradecer já me soou algo chato... quando eu não entendia seu verdadeiro sentido. Na infância, aprendi na catequese que primeiro tínhamos que agradecer antes de pedir.

Ok, às vezes eu esquecia e ia direto para os pedidos...rsrsrsrs

Mas o que eu quero te trazer com esse texto é algo profundo. Quero dividir com você o momento em que compreendi o que significa gratidão! Eu durante minha infância vi minha vó paterna rezar um terço inteiro antes de dormir. E quando ia visitar ela eu tinha que fazer isso. Achava um tédio. Não estava de alma ali, eu só repetia os versos das rezas decoradas. Será que isso era agradecer? Daí ia a igreja. Via as beatas rezando terços, se confessando....e saindo dali, as encontrava sendo maldosas com outras pessoas...e para mim isso estava errado! Então perguntei ao padre que tinha coisas que eu não entendia, e ele me disse que tem coisas que não precisamos entender, só obedecer. Conforme o tempo foi passando, fui me questionando tanto... Até que um dia, em uma crise da adolescência, um anjo, que foi uma amiga que passou na minha vida, deixou uma marca profunda no meu coração, me deu de presente uma Bíblia, e na primeira página ela escreveu:

“Querida Ari
Tudo que você está passando você precisa passar para seu crescimento. Jesus entende cada suspiro que você dá, cada dor que você sente, ele planejou a cor e textura dos seus cabelos, o formato do seu nariz, ele estava ao seu lado quando você deu seus primeiros passos e compreende todas as dores da sua alma.”

Até hoje não sei dizer como, mas ao ler essas palavras, eu senti uma paz tão grande, e um sentimento transbordou meu coração. Cada vez que me sentia triste, eu voltava lá e lia de novo e de novo. E comecei a entender, que cada momento da minha vida, faria com que eu evoluísse. A partir disso, eu passei a agradecer por cada instante da minha vida. E quanto mais eu agradecia, mais sentia aquela paz no coração e mais eu via motivos para agradecer.

Hoje eu sempre penso: “E se eu acordar amanhã, apenas com o que eu agradeci ontem?” Eu tenho gratidão pelas coisas que você talvez nem perceba no seu dia a dia, mas que se você não tivesse mais, aprenderia o valor. E porque temos que perder para dar valor? Quando chove eu agradeço por ter uma casa que não chove dentro, quando faz frio eu agradeço
por ter uma casa quentinha e poder dar esse conforto para minha filha, quando tomo um banho, eu agradeço por ter um chuveiro quentinho. Por ter comida na mesa todos os dias.
Quando faço milho, e sinto o cheirinho pela casa, eu agradeço por ter um lar. Quando enfeito a casa para o Natal, sinto uma enorme gratidão por ter uma família. Quando acordo e respiro fundo e sinto que estou saudável, eu agradeço... Quando olho para minha filha, eu agradeço esse presente que Deus me deu de um amor tão grande que chega a doer o coração...

Quando passo uma dificuldade, um momento delicado, eu agradeço! Porque são nos momentos mais difíceis que mais crescemos. Quando você passa a olhar para cada detalhe da sua vida, com um olhar de amor, você sente gratidão até por respirar. Sabe porque? Porque muitas pessoas dariam a vida para estar no seu lugar. E muitas vezes, desperdiçamos tempo com mágoas, rancor, insatisfeitos com a vida que temos, invejando a vida dos outros, quando é tão simples, olhar com ternura e sabedoria para sua própria vida, e vestir um véu colorido para enfeita-la. O que muda é como você passa a enxergar a sua vida. A mudança está nos seus olhos e no seu coração. Tenho certeza que você vai achar mil motivos para agradecer como eu achei. E acho todos os dias!

Compartilhe:
Confira as últimas novidades do Blog Ariane Novello
Top