As muitas mulheres que existem dentro de nós 💁‍♀️

02/04/2019

Um novo mês, um novo ciclo, uma nova porta está esperando a chave certa para ser aberta. Vem comigo? 

Diariamente acordamos e iniciamos nossa santa rotina de todas as manhãs. Sacode a poeira e vamos lá que o dia vai ser daqueles! 

E para isso, quantas mulheres existem dentro de você? 

Eu já tentei contar e encontrei no mínimo umas dez Arianes... mulher mãe, mulher amiga, mulher esposa, mulher profissional, mulher filha... E para cada uma destas mulheres que nascem dentro de mim, mil e uma habilidades, sentimentos e forças vem junto. Você já sentiu isso

As transformações acontecem o tempo todo, como se estivéssemos sofrendo constantes mutações... Somos a fortaleza da casa, mas também somos frágeis e queremos colo. Choramos no chuveiro de exaustão e saímos sorrindo para nossos filhos, porque eles são nosso maior tesouro. 

Passamos noites mal dormidas e no outro dia temos vários compromissos, reuniões e deveres, mas estamos lá: firmes e fortes! É como se tivéssemos um cordão que nos conecta com a força maior do universo, porque só isso explica o tanto que nos superamos a cada dia.

Buscamos nos superar, mas sentimos culpa o tempo todo. Se nos dedicamos muito ao trabalho, sentimos culpa pelo tempo perdido com nossa família. Se nos dedicamos aos filhos, sentimos culpa se não estarmos dando o melhor no trabalho. Esquecemos o aniversário das amigas, e a culpa vem, porque estamos tão hipnotizados pela rotina corrida, que não nos damos conta que mais um ano se passou.

A culpa vive junto da mulher. Mas ela deve servir como um termômetro da roda da vida. Quando ela está grande demais, é sinal que estamos deixando algo importante passar. Aprenda a se ouvir. Todos nascemos com um sexto sentido, a famosa intuição. O que acontece é que abafamos esse sentimento. Nossa mente tenta justificar nossas falhas, porque assim é mais fácil. O mais difícil é a reflexão diária a fim de equilibrar cada umas destas muitas mulheres que existem em você. Cada uma delas merece seu espaço.

O que eu posso dizer é que a perfeição não existe, mas quando você tenta dividir seu tempo entre todas elas, você passa a viver uma vida com mais presença. Quando você consegue esse equilíbrio, você se torna um ser completo. Não é fácil, mas esse é o grande desafio da nossa vida. Portanto escute a si mesmo e use a culpa como um chamado de uma dessas mulheres que vive aí em você.

Um beijo no coração, Ári.

Compartilhe:
Confira as últimas novidades do Blog Ariane Novello
Top